sábado, 31 de julho de 2010

Chez Dagobert e Base de Plein Air de Sainte-Foy

Nos extremos da curtiçao duma night em Ville de Québec à um fim de tarde no parque.
Fomos com 2 casais de amigos curtir a night de Québec. Night pra gente e balada para os nossos amigos de Sao Paulo... hehehe. Já fomos em alguns restaurantes e Pub's por aqui, mas há tempo que eu quería mesmo conhecer "a vida noturna" huahauhaua. Duas amigas fizeram a gentileza de me convencerem a ir à Dagobert, numa sexta-feira onde naquele dia o que eu mais desejava era o aconchego do meu lar. O plano era partir pra nightclub mais badalada e antiga da cidade de Québec.  O endereço nao poderia ser outro que nao a Grande Allée, onde à noite ferve em Québec... kkkkk
Chegamos lá por volta das 22hs mas só começou a bombar mesmo à partir das 23hs. Gente, o local é fantástico! Enorme, cheio de gente bonita e animada. O jogo de luzes e som dentro e fora da boate é simplesmente espetacular. Pela primeira vez na vida vou num lugar desse onde chego em casa sem estar com o cabelo fedendo a cigarro, porque ninguém ousava acender lá dentro. Pra ficar melhor ainda nao paga a entrada. 0800!!!!! Você só paga o que consome. Um dos andares tem show com bandas, que dependendo da banda a entrada neste andar passar a ser paga.
Fica aí a dica, principalmente para os solteiros(as) de plantao que acham que a pacata Québec nao tem o que fazer à noite. hihihi
Outra coisita que eu tenho que comentar aqui. Fiquei chocada de ver os trajes das menininhas numa night daquela. Sabe aqueles shortinhos mais bonitinhos que no Brasil a gente usa pra ficar em casa ou ir na padaria comprar pao? Entao, no verao elas usam pra ir ao shopping e tb pra sair à noite. A super produçao delas fica só por conta dos cabelos ornamentais e da maquiagem carregada. rsrsrs





No dia seguinte, passamos à tarde na Base de Plein Air de Sainte-Foy. Lugar que eu estava querendo voltar já há um tempinho pra curtir o verao, pois é tao pertinho de casa e a única vez que fui lá foi em setembro do ano passado quando um quebeca nos levou.
A entrada no parque é gratuita, mas algumas atividades sao pagas. Por exemplo, se quizer entrar no lago (2$). Andar de pedalinho, canoa ou caiaque 5$ durante 1hora. Preços para residentes. No lago, na parte onde é possivel entrar pra se banhar tem uma raia limitando até onde os pimpolhos e os marmanjos podem ir e na pequena extensao de areia salva-vidas vigiando. Mas eu estava mesmo era querendo curtir a bela paisagem e o lago no caiaque. Lá fomos nós! Q delícia de tarde!

A "prainha"


Na companhia dos patos


3 comentários:

Carla disse...

Só um comentário: na próxima vez me chama?!

Giselle e Rogério disse...

Deixa comigo!!! Nao vou ficar só na imaginaçao, achando q nao vou achar espaço na sua agenda lotada! hehehe
Bjs!

Andressa disse...

Ih, esse post tinha passado batido!

Engraçado vc falar de "balada" para os paulistas. Estive em SP em dezembro e perguntei para o taxista onde ficavam as "boates" do lugar. Ele arregalou um olhão pra meu noivo e eu....percebi que tinha falado besteira...

Boate em SP é "casa de mulheres"... enfim. kkkkkkkkkk

Poxa, ma spaulista complica tudo!