quinta-feira, 15 de julho de 2010

Ufa! Agora temos uma caranga!

Falando de carro + carteira de motorista + transporte público na cidade

Compramos um carrinho!! Usado pq ainda nao temos como comprar um novo por aqui. O modelo escolhido foi um MAZDA MPV 2000. De qq forma, era do jeito que eu queria, grande (7 lugares) e marcha automática. Estamos bem satisfeitos e contentes com a nossa compra. Aliás, comprar carro aqui realmente é beeeeeem mais em conta $$$ do que no Brasil, seja novo ou usado, como já tinha ouvido falar.

Agora estamos motorizados, quer dizer, como de costume o Rogério motorizado e eu de carona, né?  hehehe. O Rogério fez o exame teórico e prático no inverno passado para pegar a carteira daqui. Nas 3 provas do exame teórico, passou em 2 e ficou reprovado em 1, entao depois ele fez só essa 1 de novo e passou. Na prova prática passou de primeira um dia depois de nevar. Quanto a mim? ... ha... eu... me f@$ de verde e amarelo. Isso pq nao tinha carteira de motorista no Brasil e desde o início deste ano passou a vigorar uma lei onde fazer auto-escola aqui agora é obrigatório. Antes, o pai, o vizinho ou seja lá quem for podia ensinar ao futuro condutor, que depois bastava ir lá fazer as provas e passar para ter a carteira. Agora terei que gastar uma graninha pra pagar a auto-escola e conseguir minha carteira de motorista que aqui tem me feito mas falta do que no Rio de Janeiro.

Com sinceridade e sem floreios, se tem uma coisa que me decepcionou nesta cidade foi o transporte público. Naaaao, meu caros! Nao estou falando de motoristas mal-educados e nem de ônibus caindo aos pedaços nao. Me refiro as limitaçoes que temos quando dependemos exclusivamente de busao em Ville de Québec. De fato nao é impossível de viver aqui sem carro, mas que com ele é bem mais fácil, é! Antes de vir para cá quase nao lia as pessoas escreverem sobre o transporte aqui na cidade. Ouvia dizer que no inverno é complicado e tal por causa dos atrasos quando há tempestades de neve ou por ter que ficar esperando no ponto com temperaturas negativas. Porém, se engana quem pensa que no verao o pb está resolvido, pq vc quer passear e curtir a cidade e acaba ficando limitado sem um carrinho. Sem contar que as grandes lojas e supermercados mais baratos ficam próximos às rodovias onde passam poucas linhas com uma frequência bem reduzida. E nao adianta vir com aquela história de morar perto do 800, 801, 7, 11 e blá-blá. Eu moro perto destas linhas e digo que estes busoes nao vao te levar à todos os lugares da cidade, mas aos principais como o centro, universidade, cégeps e  alguns shopping's. Aí vc fala... entao tá tranquilo se eles vao até lá. Em parte, nada de curtir a night até altas horas da madruga ou ficar naquela festinha na casa dos amigos até mais tarde sem se preocupar com a hora de voltar, pq a maioria das linhas só passam até no máximo às 1:30 da madruga e depois só retornam à partir das 5:25. Isto durante a semana, final de semana a situaçao é ainda mais complicada... No Rio me lembro que nao me importava de sair da Lapa ou do Centro sozinha em qq horário q fosse pq tinha busao, trem e barca 24hs, mesmo fazendo "baldiaçao" sabia que chegaria em casa. Sao pequenas coisinhas que no dia-a-dia fazem toda a diferença. Estou dividindo isso com vcs pq antes de ter vindo para cá gostaria muito de ter tido noçao disto.

6 comentários:

canadafm disse...

Parabéns pelo carro!! Que legal! :D

Pois é... essa é a diferença de sair de uma cidade grande para uma não tão grande... e mesmo aqui em Montreal... o metrô em muitas estações só vai até meia noite.
Mas acho q faz parte do clima geral da província, os restaurantes e shoppings fecham muito mais cedo do que no Brasil.
Mas acho que vamos demorar mais um bocado sem carro. Depois que moramos em Campinas... o sistema de transporte público de Montreal é luxo! ;)

Beijos.

Maíra.

Andressa disse...

Viu? Ficou "cabulando" para tirar carteira aqui..eu lembro dessa estória...

Manuela disse...

É.. eu também não acho o sistema de transporte público daqui uma maravilha não. Até já escrevi sobre isso no meu blog.

Tem alguns lugares que é impossível depender de ônibus já que ele só passa de hora em hora e olhe lá...

Infelizmente eu ainda vou depender do busão por um tempo, mas não é mole não.

idevan disse...

Não acho tão ruim assim o transporte coletivo daqui, mas vc tem razão. Ainda falta muito pra ficar perfeito...

Tbm gostava do transporte público do Rio. Das cidades que morei, era o que funcionava melhor (e lá, táxi era mais barato que nas outras cidades).

Parabéns pelo carango bala... :-)

Julia disse...

Gi e Rô, fico tão feliz de ver que vcs estão bem felizes aí! Parabéns pelas conquistas!!!
Fico aqui acompanhando essas vitórias e sei o quanto são significativas nas nossas vidas!
bjos da dinda!!!
Julia

Anônimo disse...

Gi e Rô, fico tão feliz de saber que vcs estão bem!!! Parabéns pelas conquistas! Sei o quanto cada uma delas é importante para vcs!!!
Fico daqui só acompanhando e torcendo por vcs!!!
Beijos da dinda!
Julia