domingo, 13 de dezembro de 2009

Tempête de neige et Poudrerie

Na última quarta-feira, dia 09, aconteceu a tão esperada tempestada de neve. Já prevista pela meteorologia com seus mínimos detalhes: horário, sensação térmica, velocidade do vento, quatidade de neve...
O alarme nos dias anteriores, principalmente pela televisão, já estava me deixando assustada. Afinal, dois dias antes já tinha feito muito frio e eu não fazia idéia do que vinha pela frente. A escolas e cursos alertaram para que verificassemos através de rádio, televisão ou internet se deveríamos sair de casa ou não. Eu, como faço todos os dias antes de sair de casa, liguei o canal meteorológico e dessa vez também o de reportagem, onde vi que já tinha várias escolas que estavam com aviso de que não iriam funcionar. No entanto, em Ville de Québec a tempestade só iria chegar à tarde, então, tudo funcionava tranquilamente até o bendito horário. Fiquei pensando, pq não ficar em casa de uma vez logo o dia todo, tipo congé pra geral, melhor do que estar na rua em meio a tempestade e ter que vir pra casa em meio a tudo isso. Doce ilusão, tudo funcionava normalmente até o horário da tempestade.
Uma novidade para mim foi a tal da poudrerie que aconteceu junto a tempête. Poudrerie é um termo canadense para conceituar a neve e o vento, tipo tudo misturado como se fosse vento de pó. O que significa dizer que a tempestade não foi só como cair poeticamente muito flocos de neve, mas também com muito vento dificultando a visibilidade. Foi exatamente isso o que aconteceu e eu obviamente não consegui tirar foto deste fenômeno, mas peguei uma fotinho na net e coloquei abaixo para vcs entederem melhor do que se trata.
Sinistro! Não se via nada na rua por causa da poudrerie. Os ônibus não estavam passando em determinadas ruas (as de baixo por exemplo). Alerta geral! Quando desci do ônibus aí sim tive noção da quantidade de neve que caía, porque meu pé simplesmente afundou. Ainda bem que estava bem equipada porque caso contrário seria bem mais complicado.
Frio? Nem me lembro de ter sentido, até porque saí da francisação na Universidade Laval, pelos corredores subterrâneos que nos levam até os pontos de ônibus cobertos, imediatamente peguei um ônibus que me deixou na porta de casa. Então, só tive que dar alguns passos em meio toda a neve. Acho que estava tão distraída com a poudrerie e com a quantidade de neve no chão que nem deu tempo de sentir frio. hehehe
Os carros de tirar neve trabalharam a todo vapor, inclusive durante a madrugada. Coitados, pareciam que estavam enxugando gelo, porque embora a tempestade e a sua amiga poudrerie já tivessem passado a neve continuava a cair...
Sensação pós tempestade: na noite seguinte, o silêncio da cidade, tudo coberto de neve e alguns flocos ainda caindo. Sem palavras! Lindo e emocionante. A natureza é simplesmente espetacular!!!
Pois é galera, sobrevivemos a nossa primeira tempestade de neve por aqui. Agora que venha o inverno! hehehe
Imagem da poudrerie, da Wikipédia.

Eu na varanda da nossa casa algumas horas depois da tempestade.

Desprovidos de calçadas. As ruas são prioridade na retirada da neve.

O dia seguinte já com calçada. Os caminhões ainda trabalhando, carregando a neve.

4 comentários:

Florence disse...

Ei Giselle, tudo bem? Adorei sua postagem sobre a tempête de neige! :)
Eu e meu marido tb estamos no processo, e já estamos esperando o pedido de exames! Temos vontade de ir pra Ville de Québec e por isso queria tirar umas dúvidas com alguém que ja está aí?

Agente poderia falar por e-mail?

Muito obrigada e um abraço!

Florence
florencecafonso@gmail.com

Florence disse...

Ei Giselle, tudo bem? Adorei sua postagem sobre a tempête de neige! :)
Eu e meu marido tb estamos no processo, e já estamos esperando o pedido de exames! Temos vontade de ir pra Ville de Québec e por isso queria tirar umas dúvidas com alguém que ja está aí?

Agente poderia falar por e-mail?

Muito obrigada e um abraço!

Florence
florencecafonso@gmail.com

Jesley disse...

Que fantástico, ver as fotos e ler os relatos de quem está passando por isso é um sonho pra muita gente, no mínimo entusiasmante.
Lendo esse post me vem a memória os filmes da disney passados em tempos de natal.
Feliz Natal pra você e para sua Família.
Aí com certeza o papai noel precisa daquela roupa toda.

Taty disse...

meu, que maravilha, q coisa totalmente loka.. amei... acho que depois da 2a vez não ia amar tanto.. mas show...