domingo, 24 de agosto de 2008

Travailleurs Sociaux et Équivalence de Diplôme

Graduation graphics
Como prometido ... segue as informações sobre a equivalência de diploma para os Assistentes Sociais, que deverá ser solicitada ao Comitê de Admissão e Equivalência, que estudará o dossiê segundo as normas previstas no regulamento e fará uma recomendação ao Comitê Administrativo da Ordem quanto a admissão do candidato.

O candidato deverá enviar um dossiê acadêmico, incluindo curriculum vitae, diploma de graduação, descrição dos cursos, número de horas e resultados oficiais de cada disciplina, declaração do estabelecimento de ensino de nível universitário que atribuiu o grau de sua participação em estágios e práticas de trabalho, comprovante e descrição da experiência de trabalho, funções e tempo de exercício; dentre outras coisas que achar relevante para avaliação. Tudo com cópia autenticada e tradução em francês, feitas por tradutores certificados por autoridades oficiais do Québec. Pagando uma taxa de abertura de 130$ mais encargos de 100$ a 200$, dependendo do caso. Essas taxas não são reembolsáveis.

É necessário enviar também a Avaliação Comparativa de Estudos (Évaluation Comparative d’Etudes) do MICC - Ministère de l'Immigration et des Communautés Culturelles. Ou seja, antes de solicitar equivalência de diploma na ordem, devemos solicitar esta avaliação comparativa de estudos ao MICC, que atesta o grau equivalente de escolaridade do imigrante que estudou no exterior, fornecendo uma descrição geral dos documentos escolares e dos estudos efetuados desde o ensino fundamental.

AS NOVAS ...
DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS
Em 12 de março de 2008, foi publicado na Gazette Officielle du Quebec as novas exigências para equivalência de diploma para os Travailleurs Sociaux, que na prática basicamente aumentou a quantitade de créditos exigidos em determinadas disciplinas para que se faça valer os créditos realizados durante a formação profissional fora do Québec. Ficando da seguinte forma:

Exigência de diploma universitário em Serviço Social contendo um mínimo de 90 créditos , sendo que 66 créditos devem estar contidos minimamente nas matérias abaixo:
  • 21 crédits sur les méthodes d’intervention en travail social auprès des individus, des couples, des familles et des collectivités, dont les clientèles vulnérables, non volontaires ou difficiles à rejoindre; cette formation comprend, par rapport à ces clientèles, l’évaluation psychosociale ainsi que la planification, la réalisation et l’évaluation de l’intervention;
  • 6 crédits sur la politique sociale, les systèmes sociaux, les institutions socioéconomiques, la représentation sociopolitique et la défense des droits;
  • 9 crédits sur les champs de pratique et les problèmes sociaux, dont leurs répercussions sur les individus, les couples, les familles, les groupes et les collectivités;
  • 6 crédits sur les méthodes d’analyse des pratiques et les méthodes de recherche;
  • 3 crédits sur le processus de consultation et de supervision, l’encadrement des équipes de travail et la résolution des conflits;
  • 3 crédits sur l’organisation professionnelle, l’éthique et la déontologie, le système professionnel québécois, les lois et les règlements régissant l’exercice de la profession de travailleur social ainsi que les normes de pratique relatives à l’exercice de la profession;

  • 18 crédits ou 800 heures de stage en travail social. Ce stage, effectué sous la supervisiond’un travailleur social, consiste en des activités devant permettre à l’étudiant de se familiariser avec les différents aspects de l’exercice de la profession de travailleur social auprès d’une clientèle diversifiée et dans différents milieux, dont l’évaluation psychosociale, la planification,la réalisation et l’évaluation d’une intervention sociale, la gestion de sa pratique et la rédaction professionnelle.
!!!! uma experiência relevante na prática profissional de duração mínima de dois anos é equivalente à norma descrita aos 18 créditos de stage en travail social !!!!

ATENÇÃO: 1 crédito representa 45 horas de formação.
Quando o Escritório recusa reconhecer a equivalência pedida, levando em conta o seu nível atual de conhecimento, ele indica ao candidato programas de estudos, pesquisas, estágios ou exames necessários, cujo devida realização no prazo fixado lhe garante a equivalência.

LA CONNAISSANCE APPROPRIÉE DU FRANÇAIS SELON LA CHARTE DE LA LANGUE FRANÇAISE (L.R.Q. , c. C-11). => Lembrando que o candidato que não tem conhecimento adequado da língua francesa deverá passar no exame do Office Québécois de la Langue Française (OQLF). http://www.oqlf.gouv.qc.ca/. O prazo para o OQLF convocar para a realização do exame é de pelo menos 4 meses.

ENTÃO...
Conforme pesquisas que tenho feito, percebo que a maioria das pessoas que tem profissões regulamentadas por ordem acabam tendo que retornar alguns meses para a universidade para cursar disciplinas complementares ou mesmo realizar exames e estágios indicados pela ordem, para depois então adquirir a equivalência. Infelizmente até o momento não conheço ninguém da área do Serviço Social para obter mais informações a respeito. Contudo, pelo que verifiquei nas exigências dos créditos acima, pelo menos a parte de l’organisation professionnelle terei que cursar de novo, já que corresponde a disciplina com assuntos peculiares do país.

Embora seja possível solicitar a equivalência ainda aqui no Brasil, não sendo necessário para isto ter o visto de residente permanente, não pretendo entrar neste processo agora. Afinal, um passo de cada vez... minha saga ainda é a obtenção do CSQ, o que significa que ainda estou no início desta jornada. Mas confesso que fiquei animada com estas pesquisas da minha profissão.

Além disso, achei muitas informações importantes sobre equivalencias nos blogs da Zaninha e Sandra e Evaldo que tb valem a pena serem lidos com tranquilidade.

pois é... por enquanto é isso.

Até breve!
Por: Gi.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá Casal! primeiro de tudo parabéns pela iniciativa de enviar o processo! Estou ainda nessa fase de arrumar os papéis e cheia de dúvidas!! To caçando gente que mandou os papéis pra Quebec pois tenho algumas dúvidas... será que vcs poderiam me ajudar? Não consegui achar o email de vcs, entao será que vcs poderiam me contactar por facor? Meu email é fabiolacortiz@hotmail.com.

Obrigda e boa sorte!!!

elcileny disse...

oi giselle , sou AS e estou engatinhando na jornada ao canadá , tenho lido suas dicas atentamente...mas ainda nao comecei nada ..to meio perdida...

Giselle e Rogério disse...

Olá, Elcileny!
Q bom ter mais uma AS nesta jornada, pq isso é raríssimo!
Será bom mantermos contato.
Bjs.